Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2016

Pós Furacão Matthew... oportunidade de fazer a diferença!

Nossa família e Equipe missionária estão bem, graças a Deus!
Já estivemos lá na região analisando os danos, prestando uma ajuda inicial a algumas famílias, e elaboramos uma proposta de Plano de Ação Emergencial para nossa agência. Estamos aguardando a decisão do Gabinete de Crise da Junta para agir em favor das vítimas. Ore por isso, ok?
Nesse momento o que é mais urgente é alimento e a restauração dos telhados e casas afetadas pelos ventos. Como a logística de armazenamento, transporte e envio do Brasil para o Haiti é bastante cara, demorada e vulnerável a questões aduaneiras, nossa sugestão é para que enviem recursos financeiros, e o que for arrecadado aí, como roupas, sapatos e outros itens, vocês realizem Bazares e Eventos (almoços ou jantares) para reverter os itens arrecadados em recurso financeiro que será bem mais facilmente transferido e revertido aqui na economia local, em alimentos e materiais de construção.
Para ajudar:
1) Através do "Ajude Agora Haiti" coordenad…

Poeta haitiano René Depestre vence prêmio de literatura francês

17/05/2016 15:47




O poeta e escritor haitiano René Depestre recebeu o Grande Prêmio da Société des gens de lettres (LDMS) de literatura pelo conjunto de seu trabalho, anunciou nesta terça-feira a associação literária francesa.

Monumento da literatura de língua francesa, René Depestre publicou no início do ano "Popa Singer" (Zulma), uma crônica autobiográfica contando seu retorno ao Haiti em dezembro de 1957, depois de mais de dez anos de peregrinação, enquanto o país viva sob a ditadura do "Doc" Duvalier.

O poeta de 89 anos, que viveu muitos anos no exílio em Cuba e depois na França, recebeu em 1988 o Prêmio Renaudot por seu romance "Hadriana dans tous mes rêves". Sua coleção "Aleluia pour une femme-jardin" havia recebido o Goncourt em 1982.

Grande prêmio de poesia pelo conjunto da obra foi atribuído ao poeta francês Michel Butor, e o de romance foi para a escritora francesa Monica Sabolo, por "Crans-Montana".

Fundada em 1838 por escritore…

Conselho de Segurança da ONU expressa ‘decepção’ com atraso no processo eleitoral do Haiti

ONU Brasil - Publicado em 17/05/2016

Partes políticas do país caribenho não cumpriram prazo de acordo que previa a conclusão do processo eleitoral para 24 de abril. Haiti é governado por presidente interino desde fevereiro. Etapas das atuais eleições tiveram início em agosto de 2015.
Funcionários no Haiti contando as cédulas no final da votação da eleição. Foto: ONU / MINUSTAH / Logan Abassi
O Conselho de Segurança das Nações Unidas manifestou, na semana passada (14), “profunda decepção” com os atores políticos haitianos que não cumpriram os prazos da eleição e da tomada de posse no país.

Os prazos haviam sido estabelecidos em acordo selado em 5 de fevereiro e que previa a conclusão do ciclo eleitoral para o final de abril (24).

Segundo os membros do Conselho, o crescente número de desafios enfrentados pelo Haiti só poderá ser resolvido através da coordenação entre um governo eleito democraticamente e os parceiros internacionais do país. Apesar do atraso no processo, o organismo das N…

Moringa e Chocolate "Made in Haiti" chegam ao Mercado Norte-americano

Porto Príncipe, 25 de fevereiro de 2016.
Por Haiti Libre

Dois novos produtos haitianos estreiaram no mercado Norte-americano no começo de fevereiro através da Rede "Whole Foods Market", em escala nacional: a "Moringa Green Energy", das Indústrias Kuli Kuli, e as barras de chocolate "Taza Chocolate". Os ingredientes destes dois produtos são comprados diretamente de pequenos produtores agrícolas do Haiti. Este acesso direto ao Mercado, combina ajuda aos agricultores melhorando e desenvolvendo suas capacidades, o que significa um aumento da renda, e beneficiamento dos consumidores nos Estados Unidos de produtos de alta qualidade.
No caso da Moringa, a pioneira é a Organização sem fins lucrativos "Smallholder Farmers Alliance (SFA)", com o apoio da Fundação Clinton. E para os grãos de cacau utilizados na fabricação das barros de chocolate, é a Companhia "Produits des Iles S.A (PISA)".
"Nós ajudamos a conectar os agricultores haitianos di…

A Primeira Igreja Batista de Porto Príncipe completa 180 anos

Le Nouvelliste, 1º de fevereiro de 2016.
Por: Louis-Joseph Olivier
Tradução: André Souto Bahia

A Primeira Igreja Batista de Porto Príncipe celebrou seus 180 anos de existência no último domingo 31 de janeiro. Um culto de ação de graças foi organizado no templo localizado na Rua "de la Réunion". Uma ocasião para os líderes da assembléia e da comunidade protestante unirem suas vozes aos membros da Igreja em um concerto de louvor e ação de graças a Deus. O santuário da Rua "de la Réunion" estava lotado no domingo 31 de janeiro. Os membros em suas melhores roupas, e os convidados especiais, disputavam um lugar antes do começo do segundo culto. O ambiente não era o habitual com o interior do templo repleto de rosas. A PIB de Porto Príncipe, a maior congregação batista do País e do Mundo Francofônico, estava pronta para celebrar seus 180 anos de existência.

Os responsáveis da Igreja, que pertence à Convenção Batista, os representantes das Igrejas irmãs, das missões e das In…

Nº de haitianos que entram no Brasil pelo Acre cai 96% em 12 meses

Emissão de vistos permitiu a imigrantes entrarem legalmente por RJ e SP.
Embaixadas em Porto Príncipe, Quito e Lima passaram a fornecer documento. Wilner Estime, de 40 anos, deixou os três filhos e a esposa na República Dominicana (Foto: Aline Nascimento/G1)

08/01/2016 05h46 - Atualizado em 08/01/2016 21h29
Caio Fulgêncio
Do G1 AC

O Acre tem deixado de ser a principal rota para entrada de imigrantes haitianos no país desde que o Brasil ampliou a emissão de vistos pelas embaixadas em Porto Príncipe (Haiti), Quito (Equador) e Lima (Peru). Em 2015, houve uma queda de 96% no número de haitianos ilegais que chegaram ao Brasil pelo estado. Enquanto em janeiro houve o registro de 1.393 imigrantes, em dezembro esse número despencou para 54, segundo a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Acre (Sejudh).

Dados da Divisão de Imigração do Ministério das Relações Exteriores (Itamaraty) apontam que a emissão de vistos a haitianos subiu 1.537% de 2012 a 2015. Isso mostra que os imigrantes têm …