Pular para o conteúdo principal

República Dominicana retira embaixador do Haiti

G1

Haiti ajudou a adiar entrada dos dominicanos no Caricom.
Motivo é conflito migratório entre os países vizinhos.


Da AFP



O governo da República Dominicana convocou na quarta-feira (27) para consultas seu embaixador no Haiti, após a participação de Porto Príncipe na decisão do Mercado Comum Caribenho (Caricom) de adiar a entrada de Santo Domingo.

O governo dominicano também cancelou um encontro com representantes haitianos previsto para sábado em Caracas.

"Nos vemos na obrigação de convocar para consultas nosso embaixador no Haiti para tratar deste tema com cuidado que merece", disse o vice-chanceler José Manuel Trullols ao embaixador haitiano em Santo Domingo, Fritz Cineas, segundo um comunicado do ministério das Relações Exteriores.

"O governo da República Dominicana está altamente preocupado com o desconhecimento demonstrado pelo governo haitiano da Declaração Conjunta assinada pelos dois países na semana passada para buscar soluções aos problemas bilaterais, como o conflito migratório."

Após a assinatura do acordo, o Haiti "empreendeu ações contrárias a esta declaração, como ficou evidenciado na recente reunião do Caricom", completa o texto.

O Caricom anunciou na terça-feira a suspensão da análise do pedido de entrada da República Dominicana, até a adoção de medidas para resolver o conflito migratório com o Haiti.

O Tribunal Constitucional (TC) da República Dominicana negou, em uma decisão de setembro, a nacionalidade aos filhos de imigrantes ilegais, em sua maioria haitianos.

Trullols criticou as declarações do chanceler haitiano, Pierre-Richard Casimir, que teria afirmado que a República Dominicana deu uma "interpretação livre" ao acordo conjunto assinado na semana passada, que prioriza o diálogo para a busca de soluções ante qualquer assunto da agenda bilateral.

Ele ressaltou que Casimir assinou a Declaração Conjunta ao lado do ministro da presidência dominicana, Gustavo Montalvo.

"O governo dominicano entende que, sob tais condições, é muito difícil seguir dialogando com os vizinhos, pois não respeitam os termos do que foi acordado na declaração", completou.

Postagens mais visitadas deste blog

Sopa Receita Joumou - Sopa da Liberdade!

Pra quem gosta de cultura e culinária, ta aí a Sopa da Liberdade!
Era um prato dos Colonizadores, e os escravos não tinham acesso, até à sua Independência. A partir daí, anualmente, no dia 1º de Janeiro (Dia da Independência) eles a celebram degustando essa prato tipicamente Haitiano. Uma boa dica para as Feiras Missionárias no Brasil!
Sopa Receita Joumou
Sexta-feira, 4 de marco de 2011 16:24



O prato monumental da Revolução haitiana, Sopa Joumou, sopa de abóbora, E o Prato De conquistadores. E tradicionalmente servido no Dia da Independência do Haiti, 01 de janeiro, Como hum começo Saudável par o Outro ANO.

Ingredientes
- 1 kg de carne faça Pescoço OU rabo de boi
- 1/2 limão
- Sal fino
- Esmagado pimenta preta
- Água (Suficiente parágrafo cobrir uma carne; Mais Água podem Ser adicionados Mais Tarde parágrafo ajustar uma consistência)
- 2 kg abóbora, descascados e cubbed (alternadamente, utilizar abóbora enlatada)
- 1 cebola Pequena Cortada los cubos
- 2 Talos cebolinha verde picada
- 4 Dentes de…

Pós Furacão Matthew... oportunidade de fazer a diferença!

Nossa família e Equipe missionária estão bem, graças a Deus!
Já estivemos lá na região analisando os danos, prestando uma ajuda inicial a algumas famílias, e elaboramos uma proposta de Plano de Ação Emergencial para nossa agência. Estamos aguardando a decisão do Gabinete de Crise da Junta para agir em favor das vítimas. Ore por isso, ok?
Nesse momento o que é mais urgente é alimento e a restauração dos telhados e casas afetadas pelos ventos. Como a logística de armazenamento, transporte e envio do Brasil para o Haiti é bastante cara, demorada e vulnerável a questões aduaneiras, nossa sugestão é para que enviem recursos financeiros, e o que for arrecadado aí, como roupas, sapatos e outros itens, vocês realizem Bazares e Eventos (almoços ou jantares) para reverter os itens arrecadados em recurso financeiro que será bem mais facilmente transferido e revertido aqui na economia local, em alimentos e materiais de construção.
Para ajudar:
1) Através do "Ajude Agora Haiti" coordenad…