Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2013

Nosso povo estuda mesmo com fome, diz haitiano que faz mestrado no RS

Terra Brasil

O haitiano Alix Georges, 31 anos, cursa mestrado em administração na UFRGS Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação

Alix Georges, 31 anos, foi o único entre cinco irmãos a concluir o colégio. Natural de Marchand-Dessalines, no Haiti, o jovem traçou uma trajetória pouco comum em seu país, e hoje cursa mestrado na Escola de Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). De acordo com dados do Instituto Haitiano de Estatística e de Informática (IHSI, na sigla em francês) o nível universitário no país chega a apenas 1,4% entre homens e 0,7% entre as mulheres.

Os números, no entanto, não correspondem à paixão dos haitianos pelo ensino. "Nosso povo gosta muito de estudar. Haitiano estuda mesmo com fome e com poucos recursos", descreve Georges. De acordo com o documento Por um pacto nacional sobre a educação no Haiti - Um relatório ao Presidente da República do Grupo de trabalho sobre a educação e a formação, obtido pela Campanha Latino-Americana pelo Dire…

Marinha envia mais um navio em apoio à missão brasileira no Haiti

Jornal do Brasil




A Marinha enviou hoje (3) mais um navio em apoio à Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti (Minustah). O Garcia D´Ávila zarpou no final da tarde da Base Naval da Ilha de Mocanguê, na Baía de Guanabara, com 361 militares a bordo, levando suprimentos, alimentação, carros de apoio e material logístico.

O navio é comandado pelo capitão de mar e guerra Paulo Ricardo Finotto Colaço. Ele já esteve no Haiti e também integrou outras missões internacionais do governobrasileiro. “Nossa missão é transportar material para as tropas que estão no Haiti e regressar com material que estará sendo substituído, além de grande parte do material do Brabatt 2 [2º Batalhão de Infantaria de Força de Paz], que começou a ser desmobilizado”, disse o comandante.

No retorno, previsto para o dia 20 de maio, o Garcia D´Avila - conhecido pela sigla NDCC (Navio de Desembarque de Carros de Combate) - trará um grande número de veículos, entre eles jipes, caminhões e retroescavadeiras.

Os veíc…