Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2012

OS ZUMBIS - CONSCIÊNCIA CORRUPTA E CORRUPTÍVEL

A Colunista Sonia Regina Lunardon Vaz propõe uma reflexão sobre Zumbificação nos tempos modernos, como um processo psico-social, contribuindo com uma pesquisa histórica que nos ajuda a conhecer um pouco melhor a respeito desse fenômeno místico-religioso tão presente na história e realidade haitiana.Se você se interessa por reflexões de cunho filosófico e social rebuscadas, vale a pena acessar o site original e ler o artigo na íntegra. Muito bom!
Colunistas - Bonde

As histórias de zumbis têm origem no sistema de crenças espirituais do Vodu afro-caribenhos, que contam sobre trabalhadores controlados por um poderoso feiticeiro. O ser humano morto volta à vida com o intuito maligno de servidão ao seu invocador.

Um zumbi é uma criatura fictícia que aparece nos livros e na cultura popular como um morto que foi reanimado pela religião Vodu ou um ser humano irracional.

O conceito, nascido na década de 60, ganhou grande popularidade ao longo dos anos, servindo de tema para incontáveis filmes,…

Haitiano declarado morto acorda no meio do funeral

Noticias de Prensa Latina
Porto Príncipe, 25 mai (Prensa Latina)
Do pranto desconsolado aos gritos de terror passaram os que acompanhavam o funeral de um homem declarado morto no Haiti, quando ele acordou no meio de seu funeral em uma igreja batista desta capital.

Jean Wilbert Elma, de 53 anos de idade, estava numa capela quando algumas pessoas notaram que ele respirava e tentava abrir os olhos, pelo que, no meio de um alvoroço generalizado, foi conduzido a um hospital, onde morreu "novamente".

No Haiti, uma das crenças mais conhecidas, e das mais temidas, é a dos zumbis ou mortos vivos: falecidos que regressam a este mundo a cobrar antigas dívidas.

Depois de detectar que estava vivo, uma ambulância o levou ao hospital universitário de Porto Príncipe e apesar de ter chegado com sinais vitais foi impossível reanimá-lo, indicou a nota médica.

De acordo com o comissário do governo Jean Renel Sénatus, a cargo do caso, o homem foi levado inicialmente vivo à funerária, mas os trabal…

Haiti desarticula grupo paramilitar que atuava na capital  

Jornal do Brasil - Internacional

21/05 às 09h50 - Atualizada em 21/05 às 09h54


O primeiro-ministro do Haiti, Laurent Lamothe, anunciou que foi desarticulado em Porto Príncipe (capital haitiana) um acampamento utilizado por grupos paramilitares. Os paramilitares defendem a restauração do Exército, dissolvido em 1995, e o pagamento de pensões. O primeiro-ministro haitiano usou a rede social Twitter para falar da inciativa.

Lamothe informou ainda que o acampamento era na região de Lamentin, um subúrbio da capital haitiana. Antes da operação, a polícia prendeu 53 pessoas que participaram sexta-feira (18), na capital, de uma marcha a favor dos paramilitares.

De acordo com as autoridades do Haiti, 3% dos participantes dos grupos paramilitares são ex-militares e o restante jovens que aderiram ao movimento. No grupo dos detidos há dois cidadãos norte-americanos, segundo o secretário da Segurança, Réginald Delva.

O porta-voz da Embaixada dos Estados Unidos no Haiti, Jon Piechowski, confirmou …

Haiti: Projeto transforma lixo em eletricidade

Boas Notícias



Após o terramoto de 2010, o Haiti tem enfrentado sérios problemas sanitários devido à falta de recolha de lixo das ruas e de saneamento básico. Agora, uma empresa norte-americana poderá ajudar a minimizar o problema, através de um projeto que vai transformar o lixo das ruas em eletricidade.

O governo do Hati assinou um acordo com a empresa norte-americana Electric Power (IEP) para a recolha do lixo das ruas, particularmente da capital Port au Prince, que depois será transformado em eletricidade limpa.

Esta iniciativa insere-se nos esforços de reconstrução do país após o sismo devastador de 2010. O lixo tem vindo a acumular-se nas ruas da cidade de Port au Prince e nem a ajuda internacional tem conseguido resolver a situação.

A nova parceria público-privada entre o governo haitiano e a IEP, que decorre sob o nome de Phoenix Project, promete tirar os resíduos das ruas e diminuir a dependência do Haiti dos combustíveis fósseis estrangeiros.

Três mil toneladas de lixo por dia

Haiti está se movendo para a frente ou para trás

The Times Haitiano
Por Staff Tempos haitiano05 de maio de 2012
Tradução Automática.

O velho ditado "quando chove, ele transborda" pudesse ser aplicada à situação no Haiti, onde a renúncia do primeiro-ministro Garry Conille no final do mês passado aparentemente desencadeou uma série de questões políticas que estava fervendo logo abaixo da superfície. Além da necessidade de formar um novo governo, Michel Martelly tem agora de enfrentar um Lavalas ressurgentes (maior partido do Haiti político) e um povo rebelde que não acredita mais nas promessas feitas pela comunidade internacional na sequência do 12 de janeiro, 2010 terremoto. Como se isso não fosse suficiente para o presidente para tratar, um bando de desajustados que quer se tornar o núcleo de um novo exército (o exército haitiano foi dissolvida em 1995) está colocando seu governo em rota de colisão com a comunidade internacional por ocupando uma antiga base militar e prometendo resistir à expulsão inevitável pelas forças su…

Nota à Impressa MRE - Formação do Novo Governo do Haiti

Formação do Novo Governo do Haiti Nota nº 126 - MRE Formación del Nuevo Gobierno de Haití
16/05/2012 -

O Governo brasileiro saúda a conclusão do processo de formação do novo Governo do Presidente Michel Martelly, no Haiti, e expressa confiança em que o aval concedido pelo Parlamento haitiano ao Gabinete e à Direção de Política Geral apresentados pelo recém-confirmado Primeiro Ministro, Laurent Lamothe, permitirá a intensificação dos esforços voltados para o desenvolvimento do país.

***

El Gobierno brasileño saluda la conclusión del proceso de formación del nuevo Gobierno del Presidente Michel Martelly, en Haití, y expresa confianza en que el apoyo concedido por el Parlamento haitiano al Gabinete y a la Dirección de Política General presentados por el recién confirmado Primer Ministro, Laurent Lamothe, permitirá la intensificación de los esfuerzos centrados en el desarrollo del país.

Haiti Despreparados em face ao ressurgimento da cólera

Médicos Sem Fronteiras
Traduzido Automaticamente.


Haiti 2011 © Frederik Matte / MSF
Os pacientes afetados pela cólera recebem tratamento em um centro de tratamento de cólera MSF em Port-au-Prince.

PORT-AU-PRINCE, 09 de maio de 2012. Cólera casos estão em ascensão no Haiti após o início da estação chuvosa, eo país não está adequadamente preparado para combater a doença mortal, as internacional Médicos Sem Fronteiras organização humanitária Médicos / Sans Frontières (MSF) disse hoje.

Enquanto Ministério da Saúde do Haiti e Populações afirma estar no controle da situação, as unidades de saúde em muitas regiões do país continuam sendo incapazes de responder às flutuações sazonais da cólera epidemia. O sistema de vigilância, que é suposto acompanhar a situação e dar o alarme, ainda é disfuncional, MSF disse. O número de pessoas tratadas por MSF só na capital, Port-au-Prince, quadruplicou em menos de um mês, chegando a 1.600 casos em abril. A organização aumentou a capacidade de tratamento na …

Vacinas começam em um Haiti devastado pela cólera

NYTimes.com


Damon Winter / The New York Times
Um trabalhador limpa a área de entrada na frente de um tanque de retençãono primeiro centro de tratamento de esgoto do Haiti, fora Port-au-Prince.

Por Deborah Sontag
Publicado em: abril 12, 2012
Traduzido Automaticamente.

Um ano e meio depois de cólera tocou pela primeira vez no Haiti , uma parcela minúscula da população na quinta-feira começou a ser vacinadas contra a doença pela água que já infectou mais de 530.000 haitianos e matou mais de 7.040.

Os organizadores da campanha de vacinação, que vêm pressionando a fazer isso desde o início da epidemia, abriu seu último obstáculo político nesta semana, quando um cidadão bioética comitê aprovou o seu plano de usar todas as doses disponíveis da vacina para imunizar a cólera mais barato cerca de 1 por cento do população.

Na quinta-feira, dezenas de milhares de moradores de favelas em Port-au-Prince teve sua primeira de duas doses da vacina oral, Shanchol; dezenas de milhares de moradores das áre…

"Mestres do Haiti" - 1950-1980

NYTimes.com

Por Roberta Smith
Publicado em: 05 de abril de 2012
Traduzido automaticamente.


Edward Thorp Gallery
"Galo e pintainhos" Peterson Laurent da década de 1950 no desfile Edward Thorp Gallery de pintores haitianos.

Não é novidade que as pinturas foram feitas extraordinários no Haiti durante grande parte do século 20. Os artistas, em grande parte autodidata, começou a se tornar conhecido na década de 1940, quando o Centre d'Art, em Port-au-Prince, que ofereceu estúdios, salas de aula e galerias, foi fundada. Ainda assim, a sua realização, como a de tantos chamados outsiders, ainda tem que encontrar um lugar na história da arte mainstream. Daí a necessidade de continuar - e emoção - de galeria mostra como este.

O Edward Thorp Gallery montados dois anteriores mostra Haiti: uma exposição de pinturas, bandeiras vodu lantejoulas e ferragens em 2007 e um estudo sobre a pintura em 2008. Esta uma zeros em quatro grandes talentos, apresentando suas pinturas muitas vezes peque…

"Quando o tambor está batendo", Sobre Orquestra Setentrional

NYTimes.com

Por Larry Rohter
Publicado em: 10 de abril de 2012Traduzido automaticamente.Por 6 décadas, o som da Boa Nova no Haiti
Productions MCT
Um concerto em Cap-Haitien, Haiti, superior, no filme "Quando o tambor está batendo", sobre a Orquestra Setentrional. mais fotos »


Desde a fundação da Orquestra de Setentrional , em 1948, terra natal da banda, Haiti, enfrentou a ditadura da família quase três décadas Duvalier, 26 outros governos, uma intervenção estrangeira, um terremoto devastador e, mais recentemente, uma epidemia de cólera .

Através de tudo isso Septen, como o grupo é conhecido por seus fãs, que tem sido rara entidade haitiano que funciona na perfeição.

No palco, se jogando um salão elegante ou um festival ao ar livre no campo, Septen é um dínamo, com uma combinação estonteante de tambores e cornetas de condução dançarinos em seus pés.Mas, para os haitianos, a capacidade Septen de prosperar quando todo o resto parece estar caindo aos pedaços faz a orquestra algo mais -…

Nova etapa do governo do Haiti conta com o apoio do Brasil, diz Itamaraty

DCI Diário Comércio Indústria & Serviços

BRASÍLIA - Segundo o novo primeiro ministro do país, Laurent Lamothe, com o apoio da solidariedade internacional, o Haiti vai tentar 'voar com suas próprias asas'...

Agência Brasil

BRASÍLIA - O governo do Brasil expressou nesta quarta-feira (16) confiança na nova etapa do governo do presidente do Haiti, Michel Martelly. O presidente conseguiu a aprovação no Congresso do nome do primeiro-ministro, Laurent Lamothe, e de sua equipe. Lamothe prometeu concentrar seus esforços na tentativa de melhorar a situação de vida no país. O Haiti é o país mais pobres das Américas.

“O governo brasileiro saúda a conclusão do processo de formação do novo governo do presidente Michel Martelly, no Haiti, e expressa confiança em que o aval concedido pelo Parlamento haitiano ao gabinete e à direção de política geral apresentados pelo recém-confirmado primeiro-ministro, Laurent Lamothe, permitirá a intensificação dos esforços voltados para o desenvolviment…

Acre: exemplo na formação de agentes comunitários de saúde. Um sonho para o Haiti!

Agência Notícias do Acre

O governo do Acre, por meio da Escola Técnica de Saúde Maria Moreira da Rocha, do Instituto Dom Moacyr (IDM), participou do X Congresso Internacional da Rede Unida. O evento reuniu nos dias 8 e 9 deste mês, na cidade do Rio de Janeiro, educadores e gestores do Brasil, Espanha, Itália, Nigéria, Portugal, Venezuela, Cabo Verde, Inglaterra, Colômbia, Peru, Argentina, Cuba e Haiti. Eles discutiram assuntos relacionados às ações de atenção primária na saúde pública e a formação dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS).

“A relevância desse congresso constituiu em apresentar a experiência da formação técnica dos Agentes Comunitários em Saúde, sendo que apenas o Acre, Rio de Janeiro e Tocantins realizaram, até o momento, a formação desses trabalhadores”, explicou Anna Lúcia Abreu, coordenadora-geral da Escola Técnica de Saúde Maria Moreira da Rocha.

Anna, que fez parte como convidada da mesa “Histórico da Formação Técnica do Agente comunitário no Brasil”, ressaltou a im…

Sopa Receita Joumou - Sopa da Liberdade!

Pra quem gosta de cultura e culinária, ta aí a Sopa da Liberdade!
Era um prato dos Colonizadores, e os escravos não tinham acesso, até à sua Independência. A partir daí, anualmente, no dia 1º de Janeiro (Dia da Independência) eles a celebram degustando essa prato tipicamente Haitiano. Uma boa dica para as Feiras Missionárias no Brasil!
Sopa Receita Joumou
Sexta-feira, 4 de marco de 2011 16:24



O prato monumental da Revolução haitiana, Sopa Joumou, sopa de abóbora, E o Prato De conquistadores. E tradicionalmente servido no Dia da Independência do Haiti, 01 de janeiro, Como hum começo Saudável par o Outro ANO.

Ingredientes
- 1 kg de carne faça Pescoço OU rabo de boi
- 1/2 limão
- Sal fino
- Esmagado pimenta preta
- Água (Suficiente parágrafo cobrir uma carne; Mais Água podem Ser adicionados Mais Tarde parágrafo ajustar uma consistência)
- 2 kg abóbora, descascados e cubbed (alternadamente, utilizar abóbora enlatada)
- 1 cebola Pequena Cortada los cubos
- 2 Talos cebolinha verde picada
- 4 Dentes de…

UE destaca necessidades enormes dois anos depois do sismo no Haiti

Notícias - RTP
Lusa05 Mai, 2012, 07:44

A delegação da União Europeia (UE) no Haiti defende que ainda há muito por fazer no âmbito do processo de reconstrução colocado em marcha, depois do sismo, de janeiro de 2010, que causou mais de 300 mil mortos.
"Estamos conscientes de que há necessidades em áreas muitos específicas (...) e as necessidades são enormes", disse o encarregado de negócios da UE no Haiti, João de Santana, no âmbito da visita do chefe de operações do Departamento de Ajuda Humanitária (ECHO), Steffen Stenberg, ao país.

O mesmo responsável apontou a necessidade de "todas as forças vivas da nação" realizarem "um esforço" comum para levar adiante a reconstrução do Haiti, o país mais pobre da América.

"Há muitos desafios por responder", entre os quais o realojamento das centenas de milhares de vítimas do sismo de 2010, sublinhou o diretor do ECHO.

Steffen Stenberg qualificou de "dolorosa" a situação das pessoas afetadas que ai…

Haiti: deputados aprovam Laurent Lamothe como premiê

Terra Notícias:

A Câmara dos Deputados do Haiti ratificou na quinta-feira o nome de Laurent Lamothe como primeiro-ministro da ilha, confirmando assim a designação do presidente Michel Martelly.

Lamothe recebeu o apoio de 62 deputados. Três votaram contra e dois optaram pela abstenção. O Senado do Haiti havia aprovado a indicação de Laurent Lamothe no início de abril.

Lamothe, nascido em agosto de 1972, foi designado por Martelly em março para substituir Garry Conille, que renunciou de maneira surpreendente após passar apenas quatro meses no cargo.

No Haiti, morrem 630 mulheres para cada 100 mil crianças nascidas, diz OMS

Rede Brasil Atual
Por: Renata Giraldi, da Agência Brasil

Brasília – O Haiti, o país mais pobre das Américas, registra um dos piores índices mundiais de mortes de mulheres durante o parto ou devido a complicações na gestação. A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou que a cada 100 mil nascimentos, 630 mulheres morrem por complicações na gravidez ou em decorrência de problemas no parto.

Desde 2009, a OMS implementa no Haiti um programa em parceria com o governo na tentativa de melhorar o atendimento às gestantes. De acordo com dados divulgados ontem (1º), quatro em cada cinco mulheres que usam o serviço público de saúde disseram estar satisfeitas com a assistência recebida.

Pelo estudo, no período de 2008 a 2012, 137 mil mulheres grávidas foram atendidas por meio da parceria entre a OMS e o governo do Haiti. O custo total desses atendimentos chegou a US$ 10 milhões. O programa de combate à aids doou ainda US$ 20 milhões para ampliar o atendimento às crianças com até 5 anos.

O aten…
Haiti Tour of Hope 2012
(Conexão Haiti JMM - Janeiro 2012)