Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2011

Brasil e Haiti assinam acordo para começar a construir hidrelétrica

Folha.com - 25/11/2011

Os governos do Brasil e do Haiti assinaram nesta sexta-feira um acordo que delimita a área onde será construída uma usina hidrelétrica projetada pelo Exército e que fornecerá energia elétrica para cerca de 1 milhão de haitianos.

O projeto havia sido concluído no início do ano passado pela engenharia do Exército, mas o acordo firmado hoje dá início às obras na prática. Os trabalhos de terraplanagem começarão em breve.

A usina deve custar aproximadamente US$ 350 (R$ 660 milhões), dos quais U$ 45 milhões (R$ 84 milhões) serão financiados pelo Brasil. O restante do custo será pago pela comunidade internacional.

O complexo hidrelétrico é considerado de médio porte e será instalado no rio Artibonite, na região central do país.

As obras devem deslocar cerca de 300 famílias, segundo o governo haitiano. O problema é que no passado essa mesma comunidade já foi retirada uma vez de suas terras para a construção de uma outra hidrelétrica.

O contrato prevê uma etapa inicial d…

PEPE HAITI

Conexão 2012 promete impactar o Haiti

JMM - Missões Mundiais

Por Willy Rangel 21 de novembro de 2011

Uma caravana de 26 voluntários vai impactar o Haiti com o Evangelho. De 5 a 18 de janeiro de 2012, o projeto Conexão Haiti segue para o país caribenho para servir as comunidades de Porto Príncipe e cidades próximas com atividades evangelísticas nas áreas de educação, saúde, capelania, assistência social e KidsGames, entre outras.

O Conexão Haiti é mais uma iniciativa do setor de voluntários da Junta de Missões Mundiais, coordenado pelo Pr. Marcos Grava, que esteve à frente de projetos similares na África do Sul, em 2010, e na Itália e em Israel, este ano.

Da caravana, participarão brasileiros e estrangeiros. Dos brasileiros, são 13 pessoas do Rio de Janeiro, quatro de Minas Gerais, uma do Pará, uma do Mato Grosso, uma do Espírito Santo, uma de Pernambuco, uma de São Paulo e uma do Distrito Federal. Integrarão a caravana dois haitianos que estão no Brasil cursando Teologia e um chileno.

Os participantes da caravana devem ser pes…

CEFLAL 2012: Inscrições Abertas para o Centro de Formação de Líderes em Ministérios Esportivos para a América Latina.

Olé Brasil se despede dos jovens haitianos

Fonte: Ribeirão Preto Online

O Olé Brasil fará uma cerimônia especial no domingo (20), na sede do clube, para se despedir e homenagear os 11 jovens atletas haitianos, de 14 a 16 anos, que participaram do Projeto de Cooperação Esportiva durante um período de 9 meses.

Na segunda-feira (21), o grupo deixa o Brasil e retorna à terra natal. Durante o intercâmbio, os garotos formaram a equipe Olé Haiti e juntos participaram de 15 amistosos, além de disputarem três campeonatos.

Na Brazil Cup em Poços de Caldas, a equipe foi campeã invicta e terminou em segundo lugar no Olé Cup. Já na Copa Paulista de Garotos saíram como campeões virtuais, já que a competição ainda não terminou. O grupo também teve na agenda uma programação cultural, onde conheceu o Carnaval, outras festas tradicionais brasileiras e fez assistiu a partidas de futebol do CampeonatoBrasileiro, em São Paulo.

O Projeto

A parceria entre Olé Brasil FC, Agência Brasileira de Cooperação (ABC), Ministério das Relações Exteriores e Min…

Presidente do Haiti anuncia plano para recriar Exército

Mundo | Reuters

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

PORTO PRÍNCIPE (Reuters) - O presidente do Haiti, Michel Martelly, anunciou nesta sexta-feira um plano para reconstituir as Forças Armadas do país, que foram abolidas há 16 anos.

Em declarações feitas em uma cerimônia na capital, Porto Príncipe, para celebrar o dia das Forças Armadas, Martelly disse ter criado uma comissão para preparar um projeto de restabelecimento das forças militares haitianas.

A iniciativa contraria as opiniões expressas por opositores internos e doadores estrangeiros de fundos, que dizem que o retorno do Exército poderia ser um fator de divisão no Haiti e de desvio de recursos do governo, que está empenhado em reconstruir o país após a destruição causada pelo terremoto do ano passado.

O Exército anterior era criticado por violações dos direitos humanos.

(Por Joseph Guyler Delva)

Mosquiteiros começam a dar resultados positivos contra a malária

Meus amigos, essa matéria poderá nos ajudar bastante na prevenção à Malária lá no Haiti. Porém, não ela não revela a localização e contatos da Fábrica destes Mosquiteiros. Então, se você souber e puder nos fornecer, ajudará bastante na construção de uma possível parceria. Vale a pena ler!
_________________________________________________________________________________
Portal Quinari - O portal da terra do amendoim (Acre)

A distribuição de mosquiteiros e cortinados impregnados com inseticida no Vale do Juruá começa a surtir efeito positivo no combate à malária. Segundo o supervisor geral de campo da Gerência de Endemias em Rodrigues Alves, Sandro Melo, a ação benéfica dos mosquiteiros já foi detectada na localidade Agrovila. A comunidade é uma das que mais apresentam casos de malária no município e por isso logo no primeiro lote que chegou ao Vale do Juruá foi contemplada com 92 cortinados de casal, 47 de solteiros e 91 mosquiteiros. A distribuição aconteceu entre 11 de dezembro de 2009…

Haitianos já removeram quase metade dos escombros do terremoto de 2010

PNUD Brasil

Nova York/Porto Príncipe, 20/10/2011

Um ano e nove meses após a tragédia, a remoção e a reciclagem de entulho se mostram vitais para a reconstrução do país; haitianos estão no centro do processo coordenado pelo PNUD




Mais de 40% dos 10 milhões de metros cúbicos de entulho gerados pelo terremoto que atingiu o Haiti no ano passado já foram removidos do país. A operação é uma das maiores do gênero já realizada pelas Nações Unidas e seus parceiros, sob a coordenação do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

“Tem sido uma tarefa colossal”, disse Jessica Faieta, diretora do PNUD Haiti. “Nos últimos 20 meses temos trabalhado sem parar com o governo haitiano, organizações da sociedade civil, entidades internacionais e principalmente com membros da comunidade, nessa limpeza de proporções épicas”.

Faieta considera que o progresso realizado desde o terremoto de 12 de janeiro do ano passado deve ser medido de acordo com a grande escala de problemas enfrentados pela naç…

Seleção Haitiana, mesmo eliminada das Eliminatórias, vence a partida de volta contra Antigua por 2 a 1, de virada, em casa!

Vitória de Honra para a Seleção Haitiana.
Mesma eliminada, venceu a partida de volta contra Antigua, em casa.

Parabéns, Haiti!

Seja um Intercessor!

“O Senhor disse a Gideão:
“Com os trezentos homens que lamberam a água
livrarei vocês e entregarei os midianitas em suas mãos”. 
Juízes 7:7
Desenvolvemos um Formulário Online para você preencher com os dados requeridos e passar a fazer parte da Rede de Intercessão  do Projeto de Deus para um Novo Haiti!
Clique Aqui!
Juntos por um Novo Haiti!

Haiti Helicóptero com três ministros realizou aterragem de emergência sem registo de feridos

Expresso.pt

4:46 Domingo, 13 de novembro de 2011

Porto Príncipe, 13 nov (Lusa) - Um helicóptero que transportava o primeiro-ministro do Haiti, Garry Conille, dois ministros e um assessor da Presidência teve de realizar hoje uma aterragem de emergência devido a falta de visibilidade, sem registo de feridos.

De acordo com uma fonte oficial citada pela agência noticiosa espanhola Efe, o incidente ocorreu nas montanhas de Kenscoff, nos arredores de Porto Príncipe, cerca das 17:20 locais (22:20 em Lisboa), quando os governantes regressavam à capital haitiana após uma reunião com o Presidente, Michel Martelly.

Com o primeiro-ministro viajavam o ministro dos Negócios Estrangeiros, Laurent Lamothe, o ministro do Interior, Thierry Mayard Paul, e o assessor presidencial Damián Merlo.

Ministro de Cultura haitiano morre no Canadá

Notícias Terra, 13 de novembro de 2011 • 00h53

O ministro de Cultura e Comunicação do Haiti, Choiseul Henríquez, morreu neste sábado em um hospital de Ottawa, Canadá, após sofrer complicações de hipertensão e diabetes, informaram meios de imprensa digitais locais.

Henríquez, um ex-jornalista que foi também secretário de imprensa do ex-presidente René Préval, foi levado para o Canadá no meio de semana após o agravamento de seu caso, que lhe impediu de assumir seu cargo.

O meio digital Haiti Press Network informou que Henríquez foi proposto para fazer parte do Governo haitiano pelo partido Inite, liderado por Préval.

Os problemas de saúde de Henríquez se agravaram um dia depois que o primeiro-ministro haitiano, Garry Conille, apresentou às Câmaras Legislativas os membros de seu gabinete.

Por que não canto o Hino Nacional - Pravda.Ru

Pravda.Ru

Por Mário Maestri*


No início do século 19, os soldados franceses enviados por Napoleão Bonaparte para vergar abarbárie e restabelecer a civilização na parte francesa da ilha de Santo Domingos, futuro Haiti, escutavam, ao longe, assustados e perplexos, o ressoar da canção querida que seus oficiais lhes proibiam cantar. Eram os negros insurrectos que, entoando a Marselhesa, surgiam da profundeza da noite para desbaratar as linhas do exército invicto.

Avante, filhos da Pátria
O dia de glória chegou
Contra nós, levantou-se,
O estandarte ensangüentado da tirania.
Escutai, nos campos, rugir esses ferozes soldados?
Eles vêm, nos nossos braços,
degolar vossos filhos, vossas companheiras.
Às armas, cidadãos! Formai, vossos batalhões!
Marchemos! Marchemos!


A Marselhesa 

A Marselhesa teria sido composta para o exército do Reno, em 1792, pelo capitão-engenheiro Claude-Joseph de Lisle Rouget. Ela transformou-se na principal canção marcial popular e, muito mais tarde, no hino nacional da França…

Seleção Haitiana não consegue passar por Antígua e Bermuda e perde a chance de seguir na disputa por uma das três vagas da Concacaf

Infelizmente a Seleção Haitiana não conseguiu superar Antigua e Barbuda, ontem, e está fora da disputa de uma das três vagas da CONCACAF para a Copa do Brasil 2014. Uma pena! Mas, bola pra frente Haiti. Creio que 2018 será diferente!
FIFA.com
Sábado 12 de novembro de 2011
Antígua e Barbuda 1 x 0 Haiti
O Haiti é um dos quatro países do Caribe que já estiveram na Copa do Mundo da FIFA, em 1974, além de ter sido campeão caribenho em 2007 e de contar com quase dez milhões de habitantes para montar a sua seleção. Mas nada disso impediu a eliminação diante do modesto vizinho Antígua e Barbuda, que possui uma população de cerca de 89 mil pessoas. Os antiguanos conquistaram um resultado histórico diante de cinco mil torcedores que lotaram o estádio na capital St. John's. A visita do poderoso Haiti prometia dar fim ao sonho do Mundial, mas Kerry Skepple, meia de 30 anos bastante viajado e que registra breve passagem por um time da segunda divisão finlandesa, estava disposto a causar sensação.…

Senado aprova novo embaixador do Brasil no Haiti

G1

Diplomata José Luiz Machado e Costa estava no Suriname.
Senado também aprovou Marcelo Baumbach para o Suriname.

Iara LemosDo G1, em Brasília
O plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (9) o nome do diplomata José Luiz Machado e Costa para assumir o comando da embaixada do Brasil no Haiti.

Machado, que estava atuando na embaixada do Suriname, deve assumir no Haiti no começo de 2012 para um mandato de três anos. O então embaixador do Brasil no país caribenho, Igor Kipman, será deslocado para a embaixada da Suiça.

Antes de ter o nome aprovado no plenário do Senado, Machado e Costa foi sabatinado pela Comissão de Relações Exteriores da Casa, no final de setembro. Na sabatina, o Costa reforçou a necessidade de um trabalho conjunto entre diplomatas e militares brasileiros no Haiti.

O Brasil comanda, desde 2004, a Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (Minustah). Por meio da Agência Brasileira de Cooperação, o Brasil realiza ações de cooperação técnica no país em dif…

Com técnico brasileiro, Haiti sonha com 2014: 'Acreditamos de verdade'

Por globoesporte.com
Porto Príncipe, Haiti 02/11/2011 17h50 Parcialmente destruído por terremeto e guerra civil, país se reconstrói por meio do esporte e depende de si para avançar à fase final da Concacaf
Depois de disputar a Copa do Mundo de 1974, o Haiti jamais teve perfomance semelhante à de agora, quando depende apenas de suas forças para avançar à fase final das eliminatórias da Concacaf. Envolto por crises políticas, guerra civil e até um terremoto, que destruíram parte do país, conseguiu superar as dificuldades com bom futebol e já pensa alto: quer viajar ao Brasil em 2014.

Acesse a tabela das eliminatórias da Concacaf e fique por dentro!


Para isso, conta com jogadores que adquirem experiência no futebol europeu e até na MLS (Liga Americana de Futebol), além de um técnico brasileiro, que vem dando um toque diferente no jeito de o time jogar. Atualmente, só dois pontos separam o Haiti de Antígua e Barbuda, o líder do Grupo F, mas os dois últimos confrontos (dias 11 e 15) serão jus…